Dizem que a Fonte das Figuras de Sintaxe é um lugar mágico.
que às vezes surgem criaturas estranhas da água que jorra da fonte.
E ali estava o nosso amigo Tomás Nota bebendo da fonte, quando tomou um supersusto: pelo reflexo da água, viu que quatro Figuras de Sintaxe estavam atrás dele.

E a primeira falou:
- Se quiser me chamar um dia, Elipse. Eu faço sumir palavras de uma frase, as que não fazem falta.
(Sem a Elipse, a frase ficaria assim: "Se quiser me chamar um dia, meu nome é Elipse. Eu faço sumir palavras de uma frase, mas apenas as palavras que não fazem falta")

Ao seu lado estava o Pleonasmo:
- Queria v-lo com meus próprios olhos! A mim já me haviam informado que você estava passeando na Cidade da Gramática, mas queria v-lo pessoalmente. Muito prazer, Pleonasmo é como me chamam. Sou o completo oposto da minha irmã Elipse: vivo colocando palavras desnecessárias nas frases, só para tornar o bonito mais belo!

Então foi a vez do Anacoluto:
- Falar, escrever, muita gente sabe falar e escrever. Mas as Figuras de Sintaxe, somos nós que fazemos as frases ficarem mais bonitas. Eu, Anacoluto, coloco palavras no início das frases que não têm relação com o fim. Fica chique, não é?

Por fim, a bela Silepse apresentou-se:
- As Figuras de Sintaxe estamos muito felizes em conhecê-lo. O povo nos chama quando querem falar ou escrever de um modo mais sofisticado. Eu, por exemplo, crio concordâncias diferentes do normal. A isso chamam Silepse.

(Se ela fosse falar do modo mais comum, seria assim: "As Figuras de Sintaxe estão muito felizes em conhecê-lo. O povo nos chama quando quer falar ou escrever de um modo mais sofisticado" . Do jeito dela fica mais bacana, você não acha?)



Cultura

Procura
Busque no CanalKids Busque na WEB